Em 20/12/2017
 

Um ano mais

O presidente do NPA, Adalberto Goulart, faz um balanço do ano de 2017


* As ideias e opiniões contidas no texto são de responsabilidade do autor, não refletindo necessariamente a opinião do NPA.
 
* Deseja imprimir o arquivo? Clique aqui.
 
Um ano mais
 
Chegamos ao final de mais um ano. E esse não foi como qualquer um, mas um ano em que conquistamos ainda mais autonomia e, consequentemente, mais e maiores responsabilidades.
 
Tivemos um 2017 difícil para todos os brasileiros, e para a nossa instituição não foi diferente. Um ano de muitos desafios, de muito trabalho, mas também de bastante reconhecimento, por tudo o que o NPA e seus membros puderam contribuir, com esforço e dedicação, para o desenvolvimento da psicanálise em nossa cidade, em nosso estado, em nossa região. Pelo aprofundamento em ensino e pesquisa, em educação, pela dedicação à ciência e pelo olhar social através da nossa CPSI – Clínica Psicossocial.
 
Dedicamo-nos às nossas reuniões de estudo semanais, às nossas reuniões clínicas mensais. Desenvolvemos dois cursos em paralelo, o VII Curso de Psicoterapia Psicanalítica e o III Curso de Psicopatologia Psicanalítica.
 
Passamos a integrar a Biblioteca Virtual de Psicanálise da América Latina, com nossa produção científica.
 
Mantivemos as nossas reuniões com o grupo italiano do IPFR, mensalmente, como já ocorre há anos, preparando-nos para o próximo Encontro de Roma, em maio de 2018.
Realizamos dois grandes eventos científicos abertos à comunidade, a XV Jornada de Psicanálise de Aracaju, com o tema “Vida e Tempo”, em abril, quando recebemos os palestrantes Nanci Matsumori (UNIT, Aracaju), Fausta Romano (IPFR, Itália), Ivanise Ribeiro (SPRPE, Recife), Leile Fernandes Silvério (SPMS, Dourados), Paolo Bucci (IPFR, Itália), Leonardo Francischelli (SBPdePA, Porto Alegre), Deocleciano Bendocchi Alves (SBPSP, São Paulo), Márcia Câmara (SPRJ, Rio de Janeiro) e Carlos Vieira (SPB, Brasília). 
 
E a convite da SBPRP, de Ribeirão Preto, à qual muito agradecemos e com a qual pudemos estreitar os nossos laços de amizade e de intercâmbio científico, realizamos o Pré-Congresso Bion em Aracaju, em novembro, quando pudemos receber os colegas José Cesário Francisco Jr. (SBPRP, Ribeirão Preto), Deocleciano Bendocchi Alves (SBPSP, São Paulo), Carlos Vieira (SPB, Brasília), Claudio Castelo Filho (SBPSP, São Paulo) e Daniel Delouya (SBPSP, São Paulo), tendo como tema “Pensamentos Selvagens”.
 
Participaram ainda do sucesso de ambos os eventos, os colegas do NPA Yusaku Soussumi, Sônia Soussumi, Helena Pinho Sá, Joseane dos Santos, Rodrigo Gama Goulart, Erik Doria, Ana Rita Menezes Piñeyro, Danilo Gama Goulart, Aldo Christiano e Adalberto Goulart.
 
Os nossos membros também puderam levar a nossa contribuição à Jornada de Psicanálise da SPRPE, em Recife  e ao Congresso Brasileiro de Psicanálise, em Fortaleza.
 
Mensalmente demos continuidade aos Projetos Psicanálise e Cinema, Psicanálise e Literatura e ainda ao Encontros de Psicanálise, realizando interfaces com outras áreas do conhecimento.
 
Destacamos ainda as participações de Rodrigo Goulart em palestra na Universidade Estácio, de Yusaku Soussumi e Adalberto Goulart, na UNIT, e do trabalho pioneiro de Sônia Soussumi, também na UNIT, com famílias disfuncionais. 
 
Tivemos também as presenças de Márcia Câmara (SPRJ) e Deocleciano Bendocchi Alves (SBPSP), no NPA, ministrando palestras e cursos sobre a obra de Bion.
 
E assim chegamos ao final, com a confraternização dos nossos membros e alunos no último dia 16 de dezembro.
 
Em nome da Diretoria, gostaria de levar o meu mais afetuoso abraço a todos os membros do nosso NPA, a todos os amigos e colegas, a todos os alunos, a todos que contribuíram com o nosso trabalho, que nos acompanharam ao longo deste 2017.
 
Desejamos um excelente Natal e um Ano Novo de saúde, paz e muitas realizações!
 
Adalberto Goulart
Presidente do NPA
Membro Efetivo e Analista Didata – IPA – SPR
0 comentário(s) | Envie seu comentário
Envie seu comentário
Seu nome *

Seu e-mail *
Seu comentário *
Comentário(s)
 

Leia também

A Piada do Palhaço 18/06/2018

18 de Junho de 2018

ESSA TAL FELICIDADE 12/04/2018

Helena Pinho de Sá contribui com o psiquo com reflexões sobre a saude, felicidade e o tédio. Existe uma receita para ser feliz?

A parte que lhes cabe deste latifúndio 21/03/2018

O primeiro texto do ano são reflexões acerca da violência, política, sociedade, da condição humana. Qual o valor de uma vida? Somos todos Marielle?

O menino dos dedos de agasalho 07/12/2017

Do fluxo do cotidiano, Cristina de Macedo extrai uma cena de beleza e delicadeza

O monstro demasiadamente humano 30/11/2017

Texto escrito pelo psicólogo Rafael Santos, derivado de artigo publicado na Revista Psicanálise & Barroco (volume 15, 2017)

A garotinha que conheceu o mar 04/05/2017

A partir de cenas do cotidiano, Ana Rita Menezes se aproxima do pensamento de Bion
Página anterior Voltar
Topo Topo
 
 
Google+